Resenha: Nosso – Cinthia Freire

Nosso é um lindo presente para todos os fãs da Cinthia Freire e os apaixonantes casais da Série Segredos.

Já virou tradição natalina, todo fim de ano tem livro de contos da Cinthia Freire. Começou com o emocionante Minha, depois Meu e agora ganhamos o Nosso, o terceiro livro de contos da Série Segredos que conta com três livros (Meu Erro, Minha Rendição e Meu Refúgio) todos eles resenhados aqui no DL.  Nesta obra são seis contos, ambientados durante o Natal – um ligado ao outro – e envolvendo os casais que o Brasil todo aprendeu a amar: Christopher e Laura, Vinícius e Polyana, Alan e Monique, Gabriel e Carol, Clara e César e até um conto para Tomaz que é o próximo a ter sua história contada na série.

“Ele (Nosso) nasceu do desejo de mostrar para vocês como anda os personagens da série Segredos depois de Meu Refúgio. Para mostrar que, acima de tudo, eles são pessoas como nós e que nenhum felizes para sempre é eterno, mas é recriado a cada amanhecer.” – Cinthia Freire

Minha Salvação é o primeiro conto e trás um pouco mais do casal mais emocionante da série – na minha opinião: Christopher e Laura. É Dezembro, perto do Natal e Christopher está na empresa com saudades dos meninos (Alan e Gabriel) que estão nos Estados Unidos com suas respectivas famílias. No Brasil estão apenas ele e Clara (que agora tem 21 anos). E num momento de saudade somos transportados para o passado, onde Laura está viva, grávida de Clara e apesar da sua saúde sempre debilitada, está muito feliz. Totalmente ao contrário de Chris que tem medo de perder a esposa e não entende porque sua mulher que já tem uma saúde tão frágil, quis tanto mais um filho. Em meio a compras de Natal, os dois tem uma discussão onde Laura expõe seus motivos.

“Mesmo quando eu for, quando Gabriel sorrir, você me verá nele, quando Clara fizer algo que te lembre de mim eu estarei um pouco aqui com você e quando a saudade for muito grande, vocês só precisa abraça-los e estará me abraçando também” – Pos. 205

Nosso continua com Meu Recomeço com o meu casal predileto: Vinícius e Poliana. Em Minha Rendição conhecemos o lindo conto de fadas que foi a história desses dois. Um sonho. E Meu Recomeço conta o que aconteceu depois do “felizes para sempre”: mais amor! Eles estão felizes, mais felizes, se é que isso é possível. Poliana está livre de seus demônios, se formou em Serviço Social e é mãe não só de Noah, agora com seis anos, mas de Bento que tem três e ainda quer uma menina. Vinícius continua o mesmo homão da porra. Médico, bem sucedido, gente boa, cuidando da Ong, príncipe encantado e pai. O que poderia dar errado? Os demônios voltarem…Não, o Alemão não voltou do inferno, mas a ruiva vê numa menina de apenas 12 anos tudo aquilo que um dia passou: Nina sofreu abusos físicos e sexuais e está completamente traumatizada. Poliana fica devastada, mas está determinada a ajudar a menina.

“…seu pequeno corpo encolhido me dá a dimensão do quanto ela está magra para uma garota da sua idade, a forma como ela talhou o cabelo, como se quisesse se livrar de qualquer lembrança de que um dia ela tenha sido uma menina. Como se ela fosse a culpada por chamar a atenção de um monstro. Seus braços estão machucados, a pela esfolada de tanto lavar, como se assim ela pudesse se livrar da sujeira, do cheiro, das lembranças.

Estão lá. Todos os indícios, todas as pistas.

E terrivelmente, eu conheço todas. Cada. Uma. Delas.” – Pos. 446

Alan e Monique também tem seu pedacinho especial nesse livro. O casal e seus três filhos (Ben, Sara e César) estão morando nos Estados Unidos. Alan e Gabriel precisaram se mudar para o país a trabalho e se recusaram a deixar a família para trás. Apesar do frio de Dezembro eles estão muito felizes e  Alan se sente um cara de sorte. Benjamin está fazendo uma nova terapia, César está fazendo faculdade em outra cidade, Sara tem tudo de bom e do melhor e eles continuam se amando tanto quantos antes. Mas estamos falando de Alan e Monique. E durante uma folga de Alan, Monique vai levar Ben para a terapia. O tempo não está bom e a neve se transforma em nevasca. Ele fica desesperado, porque a bailarina não responde suas mensagens e com a ajuda de Gabriel vai em busca dos dois, com medo de ter acontecido o pior.

“Minha vida inteira passa por minha mente, nosso primeiro beijo, a noite em que perdemos a virgindade, todas as nossas promessas de amor, olho para minha cicatriz, o nosso pacto, nossa promessa de que um dia estaríamos juntos, não importa o que houvesse, e eu ainda sinto o mesmo amor intenso e insano que sentia por aquela garotinha, eu ainda a amo tanto e não consigo me imaginar longe dela. Ainda não, por favor, meu Deus, ainda não.” – Pos. 697

O quarto conto é com aquele casal que tem um lugar especial no coração de todo fã da Série Segredos: Gabe e Carol. Eles também estão nos Estados Unidos, morando numa casa ao lado de Alan e Monique, mas não completamente felizes. Gabriel odeia ter que estar na terra do Tio Sam. Odeia o frio, odeia ter que lidar com a neve, mas não conseguiria estar ali sem sua garota. Ela agora é uma psicóloga formada, fazendo pós graduação em autismo e TDAH. Ambos não veem a hora de voltar. E nenhum dos dois se sente completo, principalmente Carol. Ela ficou devastada desde que perdeu seu primeiro filho, com poucos meses de gravidez e agora quer tentar novamente. Mas Gabriel não tem a mesma vontade.

“- Eu morro de vergonha da porra da minha história, e se depender de mim não vou passar essa merda desse gene ruim para uma pobre criança que não tem culpa de nada, eu já fodi demais com a vida das pessoas que amo, não tenho o direito de foder com mais ninguém.” – Pos. 929

Os dois últimos contos falam de Clara, César e Tomaz. Clara e César estão num relacionamento a distância a um ano e o namoro já não é mais o mesmo. Nem mesmo o fato de Clara ter ido passar as festas de fim de ano com a família (e com ele) nos Estados Unidos deixou os dois mais próximos. Pelo contrário. Clara e César não se reconhecem mais. Já Tomaz está aqui no Brasil. O professor continua dando aulas de música na ONG e se apresentando com sua banda. Mas ele tem uma missão que para alguns seria ótima e para ele passe bem cruel. Tomaz vai passar as festas com seus pais em sua cidade natal.

“Como pude me esquecer o quanto eu amava isso aqui? Como pude deixar que a mágoa anulasse a importância de tudo que era importante para mim? Me pergunto se haverão outras coisas que eu sentirei falta no tempo em que ficarei aqui e tenho medo da resposta, não quer perceber que deixei muita coisa para trás.” – Pos. 1539

Todo leitor cria um apego aos personagens. Fato. E depois de um tempo a gente não tem mais notícias dele… fica imaginando como ele ficou depois de toda aquela aventura. Muitas vezes fica por isso mesmo. Seu contato com o personagem é aquele e ponto. Mas no caso da Série Segredos em cada livro a gente ganha um presente, uma notícia aqui, outra ali… mas em Nosso esse limite foi superado. Para mim esse conto foi como uma carta de parentes distantes contando como cada um está. O que viveram. Os sustos que passaram. Os momentos de alegria e tristezas. As decepções e os desafios. Chorei com as lembranças de Christopher e mais uma vez me impressionei com a força da Laura; Ri e me emocionei demais com Vinícios e Poliana (meu conto de fadas predileto para todo o sempre); Quase tive um infarto junto com o Alan; Tive raiva depois que dar um abraço apertado em Gabriel, com direito a um beijo na bochecha e um “mandou bem garoto”; Tive meu coração partido com Clara e estou morrendo de curiosidade pelo que vem por aí com eles e com Tomaz.

Não quero mais dar muitos spoilers, mas acho posso dizer que vocês para esperar muitos bebes. (<3) e ah! A cidade está se preparando para o evento do ano: Verônica vai casar! Nosso é emocionante, é fofo, é lindo e como estamos falando de Cinthia Freire, também é de partir o coração. Como também é característico da autora, o conto trás temas importantes como abuso de menor e até amor próprio. Mas o melhor mesmo é ver que nossos queridos personagens continuam vivendo, sorrindo, chorando e se emocionando como deve ser.

Não recomendo ler Nosso sem ler os livros anteriores da Série. Não que você não vá entender, mas terá um gostinho muito melhor se tiver todo o feedback antes. Sem contar os Spoilers.

Nosso – Cinthia Freire

Obra Independente
Formato: E-book
Páginas: 194 p.
ASIN: B0794VXS3Q
Compre Aqui:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *