Os Livros Mais Queridinhos de 2017

Antes que o ano termine tem lista dos queridos de 2017! Vem ver

Não dá pra fazer uma lista de prediletos ou melhores do ano, simplesmente não consigo escolher. Mas fiz uma lista daqueles livros que me marcaram de alguma forma. Livros que recomendo do fundo do meu coração. O que não quer dizer que, aqueles que não estão aqui, não foram importantes. Todos moram no meu coração… mas acho que ninguém ia querer ler uma lista tão extensa (rs). Pra ler a resenha completa dos livros é só clicar no link do nome da obra, ok?

Antes, só quero agradecer a todo mundo que me mandou livros para a resenhar, que acreditou e confiou no DL para divulgar o seu trabalho, ou simplesmente está aí acompanhando e curtindo o nosso trabalho. Em 2018 queremos muito mais parcerias com autores nacionais e quem sabe com outras editoras. Vocês todos são sensacionais! Vamos aos queridinhos!

Alameda dos Pesadelos – Karen Alvares

Foi difícil escolher um dos livros da Karen para colocar aqui. A Karen mora no meu coração. Pessoa muito querida que eu tive o prazer de conhecer na bienal e que eu amo ler. Terminei Alameda dos Pesadelos em lagrimas e mesmo quase depois de um ano que li essa história permanece na minha mente.

Alameda dos Pesadelos não é apenas um thriller assustador, ele vai além disso. Ele é um livro completo. Fala de amor, força, erros, de medo, consequências e vida após a morte. Não sei se é porque, assim como a Vivian, eu já ganhei a minha marca da perda, ou pelo respeito e carinho com que Karen tratou o sobrenatural, mas quando terminei minha vontade era de abraça-la e dizer obrigada por essa incrível história. Um enredo muito bem feito, com personagens intensos e apaixonantes e com um final completamente emocionante. Recomendo para quem gosta de suspense, terror ou simplesmente de uma história bem contada.

Alameda dos Pesadelos – Karen Alvares

Alameda dos Pesadelos - CapaFormato: eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 819 KB
Número de páginas: 173 páginas
ASIN: B00K9ZV3CA
Compre Aqui: 


Killian – Beatriz de Castro

Killian é o segundo livro da Trilogia da Sobrevivência da Beatriz que é outra fofa que eu conheci pessoalmente na Bienal. Pietra, o primeiro livro é sensacional, mas tenho um carinho especial por Killian. A sequencia é muito mais madura, os personagens (se é que parece possível foram muito mais aprofundados) e só deixa o desejo de ler o terceiro livro (no aguardo. Além disso a Bia me convidou para fazer um dos comentários da contracapa da edição física. Então, me perdoe Pietra, mas Killian, tem todos os motivos para entrar na minha listinha de queridinhos de 2017.

Killian tem um ritmo ótimo, cheio de ação, drama, um toque de romance, mas também  carregado de ansiedade. Algo que não me lembro se senti em Pietra. Os poucos momentos felizes, são tão bons que você tem medo de virar a página, pois sabe que logo algo vai dar muito errado. Isso é o suficiente para você devorar todas as páginas rapidamente e ser engolido pelo mundo de Beatriz. O único alerta porém é não ler Killian antes de Pietra. A sequencia correta é essencial.

O livro, que em breve ganhará uma edição física, já está disponível em e-book no site da Amazon .

Killian (Trilogia Sobrevivência, Livro 2) – Beatriz de Castro

KillianEditora: Escritora Independente
Formato: E-Book
Páginas: 164 páginas
ASIN: B07583NHDL
Compre Aqui: 


Confissões do Crematório – Caitlin Doughty

Tá eu tenho uma queda pelo assunto morte. Normalmente eu prefiro fantasmas, histórias sobre o outro lado, a outra vida. Mas Caitlin veio pra conta sobre a morte nua e crua. Parece ser cruel falar sobre o que é feito com o seu corpo (em diversas culturas) depois da morte, mas é a realidade. Além disso a autora conta suas experiências com a morte de forma tão natural, que o assunto é bem mais leve do que parece.

Confissões do Crematório vai além da história. Caitlin conta em detalhes o processo prático da cremação, do embalsamento, do enterro e faz duras críticas aos processos, ao mercado funerário e a forma com que tratamos a situação hoje. Nada mais natural se você parar um pouco para pensar, ou ler, como acontece cada um deles. Se a intensão é deixar os corpos descansarem uma última vez, temos feito isso errado. Muito errado. Se no período medieval os corpos eram exibidos honradamente, o cristianismo, a medicina entre outras evoluções, nos fizeram escondê-los ou simplesmente maquiar a morte. Vivemos numa cultura de culto ao belo, o que torna cada vez mais difícil abraçar a morte como se deve. Sim, encarar a morte (sua ou a de outra pessoa) provavelmente é a coisa mais difícil que um ser humano pode enfrentar na vida. Mas talvez se tratássemos isso com a mesma naturalidade que a escritora trata nessas páginas, a coisa ficaria um pouco mais fácil.

Confissões do Crematório – Caitlin Dougthy

Editora: Darkside
Edição: 1ª (25 de julho de 2016)
Formato: Capa dura
Páginas: 256
Dimensões do produto: 21,4 x 14,4 x 2,2 cm
Peso do produto: 481 g
ISBN-10: 8594540000
ISBN-13: 978-8594540003
Compre Aqui:


Andarilho das Sombras – Eduardo Kasse

Esse ano eu também viajei pela Europa Medieval com toda a sua falta de banho, xixis pela janela e sangue, muito sangue. O Andarilho das Sombras entra pra listinha não só por ter uma história incrível, mas por ter um personagem que eu amei. Harold Stonecross é um vampiro cruel, assassino, mas que vive de coração partido. A obra eu li antes de ter a parceria com a Editora Draco (outro fato lindo deste ano), que eu tenho um carinho imenso.

O Andarilho das Sombras se passa no momento que o cristianismo está dominando a Europa. Com a igreja recolhendo taxas e fazendo o povo sofrer em nome do Deus cristão. Poucos são aqueles que ainda acreditam nos Deuses antigos. Harold cresceu escutando as histórias do pai sobre Odin, sobre Thor e outros Deuses, mas nunca desrespeitou o Deus cristão. Ele até tentou acreditar, mas sua vida mostrou que o Deus da cruz até poderia existir, mas os homens estavam se aproveitando dele para enriquecer. Enquanto vampiro ele teve uma intensa relação com os crentes em cristo e com os Deuses antigos.

Ao ler o conto Sobre Guerras e Deuses – que falei aqui – eu já tinha percebido o tipo de escrita do Eduardo Kasse… rica em detalhes. O Andarilho das Sombras não fica para trás. Ao ler essa história, assim como eu, você vai conhecer a fundo a Europa medieval, o comportamento dos nativos, o momento histórico e mais sobre os Deuses antigos. Foi uma viagem incrível. Não vejo a hora de embarcar na próxima viagem da série Tempos de Sangue.

O Andarilho das Sombras – Eduardo Kasse

Editora: Draco
Formato:
eBook Kindle
Tamanho do arquivo: 1741 KB
Número de páginas: 392 páginas
ASIN: B00998G9CW
Compre Aqui: 


Minha Rendição – Cinthia Freire

Apesar de ser apaixonada pela série segredos da Cinthia, eu não tive dificuldades para escolher Minha Rendição como o meu querido. Eu amo essa história, amo Poliana e Vinícius e a forma como Cinthia consegue abordar problemas que merecem discussão enquanto fala de amor na sua forma mais profunda.

Minha Rendição é um conto de fadas, daqueles que faz a gente suspirar, com direito a príncipe e plebeia, ação, baile, dores e vilões e bruxas (eu até agora eu não engoli a Mônica). Com sua escrita fácil e sedutora, Cinthia Freire mais uma vez arrasa falando de amor e abordando um tema tão delicado e importante como a agressão a mulher. Um drama romântico, com personagens fortes e complexos que fazem parte de uma realidade, com o toque perfeito de ficção.  Ela é oficialmente minha escritora brasileira predileta no quesito romance.

Minha Rendição – Cinthia Freire

Capa Minha Rendição - Cinthia Freire

Formato: E-book
Tamanho do arquivo: 6591 KB
Número de páginas: 518 página
Compre aqui: 


Dívida de Honra – Chuck Weding

Obviamente não podia faltar Star Wars nessa lista. Sou fã sim e não sou chiita! Pra mim quanto mais melhor! E se tem referência a trilogia clássica fica melhor ainda (Sim, eu amei The Last Jedi <3). Por isso Dívida de Honra está entre os queridos. O primeiro livro da trilogia, Marcas da Guerra, tem vários personagens novos e alguns antigos, mas Dívida tem chuva de Han, chuva de Leia e chuva de Chewie. Livro que não pode ficar de fora da estante de nenhum fã de Star Wars.

Dívida de Honra mostra como (ou quando) aconteceram algumas coisas que vão dar em O Despertar da Força (Temmin, eu já contei pra vocês na resenha de Marcas, aparece em Despertar). Afinal o livro trata de Han, de Leia e até de Luke que está “desaparecido” mas é quase onipresente. Além de ser um excelente esquenta para quem ainda não viu Os Últimos Jedi, vide que ele pode revelar alguns mistérios da nova trilogia (ou simplesmente plantar a semente).

Star Wars, Dívida de Honra – Chuck Wendig

Dívida de HonraEditora: Aleph
Edição: 1ª (5 de julho de 2017)
Páginas: 464 p.
Dimensões: 22,8 x 16 cm
ISBN-10: 8576573709
ISBN-13: 978-8576573708
Compra Aqui:


 

2 thoughts on “Os Livros Mais Queridinhos de 2017”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *