Cidade dos Etéreos

Se na primeira vez ele criou a história a partir de fotos bizarras, dessa vez elas foram apenas um complemento peculiar. A “Cidade dos Etéreos” é a continuação de “O Orfanato da Senhora Peregrine, para Crianças Peculiares” e como essas crianças sofrem.

Jacob Portman, Emma, Milard e companhia partem rumo a Londres para salvar sua Ymbryne que está ferida e presa na forma de águia. E se por a caso no primeiro livro você achou a história infantilizada, dobre sua língua. Essas crianças não tiveram tempo para ser crianças nessas 384 paginas. Quando você pensa  “dessa vez vai” Riggs trata de dar uma reviravolta onde tudo acaba dando errado, mas muito certo também.

image

Dias sem comer, sem cama para dormir  ou tempo para tomar banho, explosões, fendas, outras pessoas e animar peculiares, que eu clato amei, acólitos, etéreos ciganos e muita, mas muita correria. Tudo que eles têm é um ao outro. Por isso há tempo para conhecermos melhor cada personagem, suas habilidades e até sua origem (pode incluir Emma nisso). O relacionamento de Emma e Jacob, aliás, está um pouco mais resolvido, mas ainda bem discreto.

“Por isso ninguém deu muita atenção a menininha de cabelo castanho comprido e sapatos de botão – nem ao fato de que os sapatos não tocavam o chão. Ninguem reparou no garoto de rosto redondo e boina, muito menos na abelha que saiu de sua boca, sentiu o cheiro de ar de fuligem e fez caminho de volta.”

Eu estou apaixonada. Cidade dos Etéreos me prendeu do início ao fim. E que fim. Suspense, ação, humor, romance, animais (SIM! ❤️) e claro , fotos bizarras. Riggs que começou a saga se baseando em fotos, conseguiu criar um mundo à parte, que não depende mais de “figurinhas” pra prender nossa atenção!

Rumo à Biblioteca de Almas.


Editora: Intrínseca

O Orfanato da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares

Um comentário sobre “Cidade dos Etéreos

  1. Pingback: O Final da História Peculiar | Dica do Leitor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *